Mbee mel de terroir

meles de abelhas nativas, favo de mel

Eugenio

Tanque, Atibaia – SP

mbeemelgourmet

mbeemel

www.mbee.com.br

Foto de perfil dos produtores
Logo do negócio
Nosso caminho Nossa história começou com Eugênio e Márcia Basile. Casados há mais de 25 anos, a advogada e o engenheiro civil, depois de muito tempo atuando em outros mercados decidiram, em 2012, se aventurar na produção de mel. O novo trabalho teve início quando descobriram a vocação da Fazenda Itaicá, propriedade situada em Atibaia (interior de São Paulo), repleta de platôs de pedras, onde hoje produzimos 5 tipos de mel de abelhas nativas, além do mel de abelhas afro europeias (apis). Na Fazenda, há mais de 50 anos com a família, priorizamos uma agricultura integrada e o plantio de uma ampla diversidade de mata florada para alimentar nossas abelhas. Entendendo nossa missão de ressignificar o uso do mel no mercado brasileiro, surgiu a nossa marca: Mbee Mel de Terroir, com produtos voltados para ampliar as ocasiões de consumo do mel, tanto na culinária cotidiana quanto na alta gastronomia. Nossa visão Nosso nome surgiu porque acreditamos que o mel é definido pelo terroir. Entedemos que a florada do mel é somente um dos itens que devemos levar em consideração na hora de avaliar seu sabor. Para nós, cada mel tem o sabor do lugar em que foi produzido, sofrendo interferências de minerais do solo, das matas, da altitude, do regime de chuvas da região, entre outros. Tudo isso influencia as características do néctar coletado. É por isso que fazemos questão de carregar “terroir” em nosso nome e divulgar os diferentes “terroirs” ao redor do Brasil. Inconformados com a redução do consumo de nosso mercado e com o pouco prestígio que o mel tem na gastronomia atual, queremos levar o mel brasileiro para cada vez mais pessoas. Acreditamos que o mel precisa ser entendido e utilizado como um produto da culinária cotidiana e também da alta gastronomia. Afinal, mel é alimento e não remédio. Nosso compromisso com o aumento do consumo de mel está ligado não só a melhora da alimentação e bem estar de nossos clientes, mas a todos os impactos positivos que a produção de mel nos traz. Estamos falando do desenvolvimento de pequenos produtores e famílias camponesas de várias regiões do país, da polinização de diversas espécies da nossa flora nativa, bem como da redução de risco de extinção de certas espécies de abelhas. É isso que nos move: trabalhar todos os dias para resgatar a cultura do mel no Brasil.